sábado, 4 de julho de 2015

Olá pessoal, que a reflexão de hoje possa te abençoar grandemente. =)



Nos últimos dias, tenho visto em todos os tipos de mídia vários relatos de acontecimentos que tem servido de um afronta aos princípios Cristãos. Diversas manifestações direta e indiretamente conta o Reino de Deus. E todas as vezes que vejo tudo isso, vem claramente em minha mente o seguinte texto de 2 Timóteo 3, que fala muito sobre como seria esse últimos dias e como deverá ser nossa posição. Gostaria de deixar nesse sábado a leitura desse texto, que segue abaixo:


Sabe, porém, isto: que nos últimos dias sobrevirão tempos trabalhosos. Porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos, Sem afeto natural, irreconciliáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, sem amor para com os bons, Traidores, obstinados, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus, Tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela. Destes afasta-te. Porque deste número são os que se introduzem pelas casas, e levam cativas mulheres néscias carregadas de pecados, levadas de várias concupiscências; Que aprendem sempre, e nunca podem chegar ao conhecimento da verdade. 
E, como Janes e Jambres resistiram a Moisés, assim também estes resistem à verdade, sendo homens corruptos de entendimento e réprobos quanto à fé. Não irão, porém, avante; porque a todos será manifesto o seu desvario, como também o foi o daqueles. Tu, porém, tens seguido a minha doutrina, modo de viver, intenção, fé, longanimidade, amor, paciência, 
Perseguições e aflições tais quais me aconteceram em Antioquia, em Icônio, e em Listra; quantas perseguições sofri, e o Senhor de todas me livrou; 
E também todos os que piamente querem viver em Cristo Jesus padecerão perseguições. Mas os homens maus e enganadores irão de mal para pior, enganando e sendo enganados. 
Tu, porém, permanece naquilo que aprendeste, e de que foste inteirado, sabendo de quem o tens aprendido, E que desde a tua meninice sabes as sagradas Escrituras, que podem fazer-te sábio para a salvação, pela fé que há em Cristo Jesus. Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redargüir, para corrigir, para instruir em justiça; Para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente instruído para toda a boa obra. 2 Timóteo 3:1-17


Paulo foi guiado pelo Espirito Santo ao escrever esse texto, revelando sobre muitas coisas, e sobre as dificuldades que poderíamos passar e passamos hoje em dia. Estamos vivendo os últimos dias, a questão é: quem você tem sido? Aquele que se firma em Cristo ou aquele cujo coração está dominado pelos próprios desejos? Não esqueça, toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redargüir, para corrigir, para instruir em justiça; Para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente instruído para toda a boa obra. Busque a Deus em sua palavra e ele te ajudará.


Wellington Dias de Paula
God Bless U






Escrito por Wellingon 0 comentários
Continue lendo...

sexta-feira, 3 de julho de 2015


Bom dia, boa tarde ou boa noite aos nossos queridos amigos semanais de sua coluna que responde e fala sobre os assuntos que as vezes ficamos vermelhos de perguntar... O seu e o nosso, Papo 100 Censura!

Meiry minha amada esposa, que junto com este que vos fala descobriu que os bebês hibernam durante o inverno glacial de Curitiba, olha minha frase de introdução e comenta:
- Está parecendo uma apresentação de programa infantil... Prefiro que você faça as coisas direito do que pagar mico com todo mundo que lê esta coluna...

Eu: - Se você está vendo desta forma, vamos tentar de novo:

Bom dia a todos os nossos queridos amigos que prestigiam nossa coluna semanal que aborda temas pertinentes os quais existem barreiras emocionais e psíquicas para que possamos falar de maneira mais aberta e direta, dificultando nossa jornada na terra, o Papo 100 Censura!

Meiry: - Não acha que está intelectual demais? Fale como as pessoas comuns... nem todos são nerds como você meu querido!

Eu: - Para que as dúvidas terminem, Bom dia pessoal! Estamos aqui nesta sexta para mais uma coluna do nosso Papo 100 Censura! Estamos quase concluindo nossa série sobre preparativos para o casamento!!! Esperamos que você esteja gostando e que ela seja útil a você que está pensando, já pensou e já está quase casando!

Meiry: Agora melhorou, amor!

    Neste penúltimo post sobre preparativos para o casamento (posso ouvir um AHHHHHHHHH do outro lado da rede!!!), gostaríamos de abordar o aspecto da missão individual de casa um dos futuros cônjuges  e de que maneira este propósito será combinado uma vez que estejam casados.

     Em primeiro lugar, quais são os seus sonhos? Qual é o seu propósito de vida? Para que você nasceu? Essas perguntas são muito difíceis? Você nunca pensou nelas? É bom começar pois são estas respostas que vão mostrar características muito peculiares sobre sua vida e que você deve usar para determinar planos para o futuro. 

    Em segundo lugar, como seu noivo ou noiva se encaixa nesta proposta? Seus destinos são compatíveis? Muitas vezes deixamos esta parte de fora do processo de conhecimento de nosso namorado... Parece que não faz muita diferença pra gente se o outro gosta de ficar em casa nos finais de semana dormindo até altas horas e você curte acordar cedo para aproveitar bem as horas de descanso fazendo muitas atividades. Mas isso é muito importante, pois é preciso saber que, se existirem essas incompatibilidades, ambos precisam ceder e fazer concessões para que a vida de ambos seja abençoada. Quando apenas um deseja que seus prazeres sejam satisfeitos, o egoísmo nasce e destrói qualquer  casamento que esteja centrado no EU ao invés do NOSSO.

      Falamos na semana passada sobre o conceito de aliança. O complemento daquele ensino está na afirmação de que os dois, após o casamento aumentam o seu potencial de conquista de maneira exponencial. Aquilo que vocês fariam em todas s áreas sozinhos, será potencializado pela união e, agora vocês podem chegar muito mais longe do que já chegaram. Mas é de fundamental importância que vocês conversem sobre sonhos, propósitos e missão que você sinta que tem. Pois é muito importante que ambos saibam o que arde no coração de cada um...

       Muito importante em todas as decisões que vocês precisam tomar até a chegada do Grande Dia, Deus seja o centro de suas vidas. Cada sonho, suas características foram dadas por Deus a você para que você cumpra seu propósito de vida. Todas as batalhas e dificuldades do futuro devem ser pensadas como oportunidades para união mais enraizada.

Se um cair, o amigo pode ajudá-lo a levantar-se. Mas pobre do homem que cai e não tem quem o ajude a levantar-se! Eclesiastes 4:10

     Seu destino a partir do altar não será mais o mesmo. Ele será compartilhado com seu parceiro de aliança e com toda a certeza vocês terão sonhos maravilhosos juntos. Por isso a comunicação é tão importante dentro do relacionamento. O que arde em seu coração? E no coração de seu noivo ou sua noiva? Quais os planos que vocês têm para o próximo ano? E para daqui a 5 anos? E 10 anos? Sem planos não chegamos a lugar algum... É mais ou menos como chegar ao terminal rodoviário e pegar um ônibus para qualquer lugar. Se não sabe para onde está indo, qualquer lugar será um bom lugar. Segundo a Palavra de Deus:

Porque vivemos por fé, e não pelo que vemos. 2 Coríntios 5:7

Onde não há revelação divina, o povo se desvia; mas como é feliz quem obedece à lei! Provérbios 29:18

Vocês estão se casando para um propósito muito maior do que uma vida a dois! Deus os separou para fazer diferença nesta geração! Pense muito bem sobre isso pois é muito sério. Vocês podem escolher não cumprir o chamado de Deus para suas vidas, porém todas as pessoas que seriam impactadas através da missão de vocês deixarão de ser abençoadas... Você pode imaginar isso? Centenas, Milhares de pessoas deixarão de ser abençoadas simplesmente porque sua escolha foi ficar em casa assistindo TV?

Mediante a isso, espero que todas as perguntas de hoje o faça refletir a respeito de seu propósito na terra e ainda mais, o propósito do seu casamento para esta geração.

Encerramos nossa série na semana que vem abordando o tema Noivado e Finanças!

Sejam felizes! 


Pastor Eduardo Medeiros
 
Escrito por Eduardo Medeiros 0 comentários
Continue lendo...

quinta-feira, 2 de julho de 2015


Olá Caros Leitores tudo bem? No Post de hoje vamos refletir sobre a história de Êutico, embora seja uma história curta trás para nossas vidas uma grande lição.

No primeiro dia da semana reunimo-nos para partir o pão, e Paulo falou ao povo. Pretendendo partir no dia seguinte, continuou falando até a meia-noite. Havia muitas candeias no piso superior onde estávamos reunidos. Um Jovem chamado Êutico, que estava sentado na janela, adormeceu profundamente durante o longo discurso de Paulo. Vencido pelo sono, caiu do terceiro andar. Quando o levantaram, estava morto. Paulo desceu, inclinou-se sobre o rapaz e o abraçou, dizendo: "Não fiquem alarmados! Ele está vivo!". Então subiu novamente, partiu o pão e comeu. Depois continuou a falar até o amanhecer e foi embora. Levaram vivo o jovem, o que muito os consolou. Atos 20: 7-12

Essa passagem é sobre Êutico um jovem, que encontrava-se em um culto, sentado na janela, e deixando ser vencido pelo cansaço adormeceu, e nesse momento de descuido ele caiu do terceiro andar da casa onde estava. Com este texto trazemos a seguinte reflexão, é necessário estarmos alertas, vigilantes, cuidando para que o sono, o conformismo, a religiosidade não venha nos levar para a morte espiritual.

Muitas vezes deixamos de viver as promessas, de conhecer as coisas que Deus tem para nossas vidas, porque nos encontramos, dormindo na janela, procurando no mundo la fora por outras coisas que venham a nos satisfazer.

O foco de nossas vidas deve ser Cristo, precisamos todos os dias nos preocupar em agradá-lo em obedece-lo. O mal que nos tem assolado é a frieza espiritual, que pode ser gerada por uma série de fatores, e se não tratada, pode ser letal. O sono espiritual nos deixa sozinhos, e sem defesa contras as investidas do inimigo, nos torna distantes e cegos, despreparados, insensíveis ao chamado e a ouvir a voz do Espírito Santos.

"Façam isso, compreendendo o tempo em que vivemos. Chegou a hora de vocês despertarem do sono porque agora a nossa salvação está mais próxima do que quando cremos. A noite está quase acabando; o dia logo vem. Portanto deixemos de lado as obras das trevas e revistamo-nos da armadura da Luz." Romanos 13: 11-12

Deus pede para que nós filhos dele, igreja, noiva despertemos e deixamos de lado tudo o que nos afasta Dele, pois sua vinda está próxima. 

Nas últimas semanas Deus tem falado forte em meu coração quase todos os dias acerca disto, Ele está voltando ele quer salvar vidas, mas pra isso é necessário que a igreja acorde, que os ministros tornem-se mais ousados, que nós venhamos a ouvir mais a sua voz, os sinais estão se cumprindo, a humanidade está se deteriorando, é preciso agir rápido, portanto vamos sair da Janela do pecado, dos prazeres momentâneos, do egoismo, da fama do status, das futilidades, vamos voltar a nossa face para Deus.

Mas nem tudo encontrava-se perdido para o jovem Êutico: Paulo desceu, inclinou-se sobre o rapaz e o abraçou, dizendo: "Não fiquem alarmados! Ele está vivo!". Então subiu novamente, partiu o pão e comeu. Depois continuou a falar até o amanhecer e foi embora. Levaram vivo o jovem, o que muito os consolou. Ainda há tempo, mas o despertar deve ser agora!

Desejo a todos um excelente final de semana! Que Deus Abençoe!

Aline de Almeida Santos




Escrito por Aline de Almeida Santos 0 comentários
Continue lendo...

terça-feira, 30 de junho de 2015



Vivemos. Planejamos. Sofremos. Sorrimos. Amamos. Mas e se hoje for seu último dia? A palavra do Senhor a todo momento nos alerta acerca de quão breve é nossa existência aqui na Terra. O único que sabe de tudo é Deus. Por isso precisamos falar para Ele  nossos planos e sonhos e, também, pedir que acima de tudo, a vontade dEle prevalesça. 

O Senhor sabe o que é melhor para nós, pois conhece o que há de vir. Muitas vezes o que desejamos não é o que nos fará felizes, porque não sabemos o que se sucederá. Observemos a vida de Sansão, que escolhido desde o ventre, deixou-se seduzir por uma prostituta a qual foi a ruína de sua vida. Se ele tivesse obedecido o que Deus lhe ordenou e não buscado felicidade na perdição, certamente não teria tido um fim tão humilhante. 

Não adianta querermos comandarmos nossa vida sem que a vontade de Deus se sobreponha à nossa. Só Jesus é o caminho, a verdade e a vida e fora dEle não há salvação. Viva de modo que, se hoje for seu último dia, o Pai estará no céu te esperando de braços abertos. Afinal, de que adianta o homem ganhar o mundo e perder a sua alma? 

"Porque sou eu que conheço os planos que tenho para vocês, diz o Senhor, planos de fazê-los prosperar e não de causar dano, planos de dar a vocês esperança e um futuro."

Jeremias 29:11
Espero que tenham gostado, um beijo grande, fiquem na Paz :*






Instagram: @fagundes_mariana
Snapchat: marianafgnds
Escrito por Mariana F. 0 comentários
Continue lendo...

segunda-feira, 29 de junho de 2015


Modelos ou Atores 

Cada crente deve representar o Senhor Jesus aqui na Terra, devendo ser uma cópia do Salvador e mostrar Cristo ao mundo. Essa é uma tremenda responsabilidade.
Nós somos membros do corpo de Cristo. O corpo é o veículo através do qual uma pessoa se exprime. O corpo de Cristo, a Igreja, é o veículo pelo qual Ele deseja revelar-Se ao mundo.
Assim, uma questão é levantada a cada um de nós: “Que tipo de imagem de Cristo ofereço ao mundo?” E devemos perguntar a nós mesmos:Somos modelos de Cristo ou temos somente sendo atores nessa terra, interpretando apenas um "papel"

A terra clama por respostas, filhos de Deus, modelos de Cristo.

A terra precisa de mais amor e menos acusação

Deus abençoe.
Escrito por Pedro Salinet Junior 0 comentários
Continue lendo...

sábado, 27 de junho de 2015



Meus filhinhos, estas coisas vos escrevo, para que não pequeis; e, se alguém pecar, temos um Advogado para com o Pai, Jesus Cristo, o justo. E ele é a propiciação pelos nossos pecados, e não somente pelos nossos, mas também pelos de todo o mundo. E nisto sabemos que o conhecemos: se guardarmos os seus mandamentos. Aquele que diz: Eu conheço-o, e não guarda os seus mandamentos, é mentiroso, e nele não está a verdade. Mas qualquer que guarda a sua palavra, o amor de Deus está nele verdadeiramente aperfeiçoado; nisto conhecemos que estamos nele.
1 João 2:1-5




Uma das definições de pecados que acho excelente é essa: pecado é tudo aquilo que nós afasta da presença de Deus. O interessante dessa definição é que para sabermos o que não agrada a Ele e o que faz nos se afastarmos Dele, primeiro temos que conhecer o nosso Deus, e para isso é necessário ter um relacionamento com Espirito Santo, em resumo oração e bíblia.

O apostolo João dá o seguinte conselho: não pequeis (ou não se afaste de Deus); e, se alguém pecar (caso tenha se afastado de Deu), temos um Advogado para com o Pai Jesus Cristo, o justo ( Jesus é o único caminho para o Pai)

Quando vejo essa passagem, me vejo um diferença entre os pecados, João parece estar falando do pecado acidental, não como um escolha, mas sim como um acontecimento inesperado no meio do percurso. Por outro lado também podemos então ver que existe um pecado programado, um escolha plena e consciente. 

O que deferência um pecado acidente de um pecado que é uma escolha?

A diferença que quero trazer aqui é o coração, uma pecado acidente é aquele em que a pessoa faz algo que a afasta de Deus, porém ao ver que estava fazendo, o Espirito Santo toca seu coração e ela busca largar aquilo que desagrada a Deus, conforme vai conhecendo mais dele.

Pois eu mesmo reconheço as minhas transgressões, e o meu pecado sempre me persegue. Contra ti, só contra ti, pequei e fiz o que tu reprovas, de modo que justa é a tua sentença e tens razão em condenar-me. Sei que sou pecador desde que nasci, sim, desde que me concebeu minha mãe. Sei que desejas a verdade no íntimo; e no coração me ensinas a sabedoria. Purifica-me com hissopo, e ficarei puro; lava-me, e mais branco do que a neve serei. Salmos 51:3-7


Já o pecado escolha, é aquele em que a pessoa sabe que está errada, se sentindo culpada por um segundo, porém sempre retorna a suas velhas atitudes, mesmo sabendo que Deus não aprova. Ao invés de confessar o pecado, usa de diversas em justificativas e desculpas, e escolhe se afastar mais de Deus.

Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para perdoar os nossos pecados e nos purificar de toda injustiça. Se afirmarmos que não temos cometido pecado, fazemos de Deus um mentiroso, e a sua palavra não está em nós. 1 João 1:9,10

A bíblia é clara, todos somos pecadores, a pergunta que devemos nós fazer é: que tipo de pecado tenho feito, um acidente de percurso, que logo é corrigido ou uma escolha permanente que me afasta de Deus? Pense um pouco sobre e deixe o Espirito Santo falar com você.

Todavia digo-vos a verdade, que vos convém que eu vá; porque, se eu não for, o Consolador não virá a vós; mas, quando eu for, vo-lo enviarei. E, quando ele vier, convencerá o mundo do pecado, e da justiça e do juízo. João 16:7,8

Deus não quer ouvir somente as suas justificativas para pecar, muito mais Ele quer ouvir você confessar aquilo que te afasta dele, assumir o erro e se arrepender, aceitando o sacrifício de seu Filho Jesus, para a remissão dos pecados e assim restaurar o relacionamento de seu com Deus de amor.


Wellington Dias de Paula
God Bless U
Escrito por Wellingon 1 comentários
Continue lendo...

sexta-feira, 26 de junho de 2015

Parte 1: Clique Aqui!
Parte 2: Clique Aqui!
Parte 3: Clique Aqui!
Parte 4: Clique Aqui!
Parte 5: Clique Aqui!

Bom dia caros amigos do nosso Papo 100 Censura! Continuando nossa super série sobre preparativos para o casamento, vamos falar hoje do significado de duas palavras que mudarão completamente seu entendimento a respeito do casamento: Contrato e Aliança.

Entender o significado destas duas palavras é crucial, pois o contrato define o que a sociedade entende por casamento, e aliança define o que a Palavra de Deus define por casamento.

A sociedade entende qualquer relação como um contrato. Um contrato é um documento composto por diversas cláusulas que mostram os direitos e os deveres de cada uma das partes envolvidas. Ambos assinam o documento e estão cientes do que precisam fazer para manter o acordo valendo. Quando uma das partes não cumpre mais suas obrigações, o outro tem o direito de romper o contrato e, desta maneira anulando o seu efeito. Foi desta forma que o divórcio foi institucionalizado. O contrato tem a ideia de que a união durará apenas enquanto ambos estiverem felizes e satisfeitos com o relacionamento. Quando as dificuldades vierem, os problemas financeiros chegarem, a doença chegar, os problemas familiares, os desentendimentos entre o casal... nessa hora o contrato é rompido e cada um vai viver sua vida. Essa é a ideia de um casamento baseado em um contrato, onde a maioria dos casamentos de hoje estão firmados. Festas de princesas, gastos astronômicos para ficar bem nas fotos e muitos casamentos não duram mais que alguns anos e porque? Porque um contrato pode ser rompido a qualquer momento e não existe interesse em investir na luta pela felicidade do casal ao longo do tempo. Como vivemos em uma sociedade muito imediatista, ninguém quer gastar tempo trabalhando para que um casamento dê certo de verdade. A ideia parece ser, enquanto o outro me fizer feliz, tudo bem, quando estiver chateado ou "enjoado" de meu esposo ou minha esposa, vou procurar outra pessoa que me faça feliz...




O contraponto para o contrato é a Aliança, que é o casamento bíblico.

Para podermos entender melhor este conceito, vamos utilizar a ideia de algumas tribos indígenas. Muitas delas usam marcas e pinturas ancestrais em seus corpos que os identificam como membros de determinada tribo.




Qualquer membro de uma tribo rival que olhar para estas marcas, já sabe de antemão que qualquer coisa que fizer a ele, estará fazendo a toda a tribo que as marcas representam. Interessante não? As marcas no corpo representam uma massa humana... Ela representa o poder da comunhão e da unidade entre os membros daquela aliança.

A aliança de casamento representa a mesma coisa. Qualquer pessoa que olhar para o anel em seu dedo após o casamento, saberá que você não estará só. Tem mais alguém com você e qualquer coisa que fizerem a você estarão fazendo para seu parceiro de aliança. Maravilhoso não?



Uma aliança nos padrões bíblicos envolve entrega total até o fim da vida. Poucos prestam atenção aos votos que são ditos na presença do pastor ou padre e das testemunhas, as quais chamamos de padrinhos. Os votos são uma promessa de amor em qualquer circunstância: ricos ou pobres, saudáveis ou doentes, bonitos ou feios, bem humorados ou mal humorados, enfim independente da situação o amor deve prevalecer. 

Você pode me perguntar:  - Ah Eduardo, quais as garantias que eu tenho para fazer a aliança com meu noivo ou noiva? Como posso ter certeza de que este relacionamento vai permanecer até que a morte nos separe?

A resposta que vale um milhão de dólares é esta: - Não existem garantias! Ninguém pode afirmar que os sentimentos do outro permanecerão os mesmos depois de 5, 10, 15, 20 anos de casamento! É por esta razão que eu sempre uso esta figura para analisar o casamento:




Casar é como saltar de Bung Jump sem saber o comprimento do elástico. Você não tem como controlar os sentimentos de seu parceiro de aliança, mas você pode e deve controlar os seus sentimentos! Um casamento de sucesso é aquele onde o casal luta diariamente para que ele dê certo. Mesmo com as dificuldades que a vida coloca diante de nós, com os desafios e mudanças em nossas vidas, os dois lutarão diariamente para que a chama do amor permaneça acesa. Então seu propósito de vida depois de dizer SIM no altar será o de fazer seu esposo ou esposa feliz. Isso inclui os dias em que ele ou ela o farão feliz também e os dias em que ele ou ela não o farão feliz. 

Você pode dizer que isso parece ser impossível com a pessoa com quem você se casou... - Meu esposo não quer saber de mim, minha esposa liga mais para as amigas do que pra mim, etc, etc, etc. É exatamente pra isso que o noivado serve! Avalie seu noivado sempre da perspectiva da eternidade. Afinal vocês passarão o resto de suas vidas juntos. Se existem problemas no temperamento, na personalidade que os colocam como incompatíveis, considere desfazer o noivado antes de selarem a aliança. Durante os cursos de noivos encontramos muitos exemplos de casais que estão juntos porque a família insiste no relacionamento, alguns se acham muito velhos e por isso vão se casar com a melhor opção que surgiu, pois acreditam que não encontrarão mais ninguém, casais com características incompatíveis (falaremos mais sobre isso na semana que vem!) E o que mais vemos são pessoas com visões distintas sobre Deus. Um é cristão fervoroso e o outro não conhece a respeito da fé que seu futuro cônjuge segue. Tome muito cuidado, pois a ideia que muitos usam de tentar "salvar" alguém através de um namoro com jugo desigual normalmente acontece exatamente o oposto do que se espera. Aquele que está dentro da igreja acaba saindo para seguir seu esposo ou esposa. Considere muito a aliança que Rute estabeleceu como sua sogra Naomi a muito tempo atrás:

Rute, porém, respondeu: "Não insistas comigo que te deixe e não mais a acompanhe. Aonde fores irei, onde ficares ficarei! O teu povo será o meu povo e o teu Deus será o meu Deus!Rute 1:16

Se esta não for a certeza do casal, ore a Deus para que esta seja a decisão mais acertada para sua vida, pois ao contrário de outras escolhas que fazemos, o casamento não aceita devolução ou troca da mercadoria.

O último ponto sobre a aliança, é que ela é estabelecida entre três pessoas ao invés do contrato que envolve duas pessoas. Para que qualquer relacionamento funcione, da maneira bíblica, Deus deve ser o elo que fecha este círculo de ouro puro. Vocês serão bem-sucedidos se Deus for o centro de suas vidas, caso contrário, qualquer dificuldade, e acredite, elas virão, derrubarão e destruirão vocês. O escritor de Eclesiastes nos deixou esta verdade em seu livro de sábios conselhos:

Um homem sozinho pode ser vencido, mas dois conseguem defender-se. Um cordão de três dobras não se rompe com facilidade. Eclesiastes 4:12

Ao se casarem, vocês serão muito mais do que eram antes. Para isso um último conselho que a Palavra nos deixa e que deve ser seguido:

"Por essa razão, o homem deixará pai e mãe e se unirá à sua mulher, e os dois se tornarão uma só carne". Efésios 5:31

Com esta promessa tremenda, aguardamos os comentários de vossas senhorias e nos encontramos na próxima sexta para falarmos de propósitos de vida e compatibilidade de missão entre o casal! Espero você!

Pastor Eduardo Medeiros

Escrito por Eduardo Medeiros 0 comentários
Continue lendo...

quinta-feira, 25 de junho de 2015



Não sei se já aconteceu com vocês, mas comigo já ocorreu de desenvolver instintivamente um sentimento e quando menos me dei conta já havia o classificado equivocadamente como justiça. Vou explicar.

Sempre que vejo uma instituição prestes a se desmoronar, vejo pessoas que "seguram as pontas", pessoas "que não abandonam o barco". Sempre há pessoas que permanecem firmes e fazem de tudo para reerguer essa instituição "em ruínas", enquanto outras simplesmente desistem por classificarem aquela tentativa como falida. Entenda como instituição qualquer modo de interação social, ex: igreja, família, grupos de estudos, de visitação, de oração, de louvor, de dança, etc. 

No começo, pensei que esse meu sentimento de revolta fosse parecido com o de Neemias, daquela vez que voltou a Jerusalém após ter reconstruído e instituído ordem para as atividades sagradas no Templo e na cidade, e tendo ficado furioso ao perceber que depois de um tempo o povo não cumpria mais com o mesmo zelo como quando do início, como quando haviam sido cheios da alegria do Senhor. Para Neemias era um sentimento plantado por Deus, para repreender as pessoas para que se voltassem à observância do cumprimento da palavra. Mas com relação a mim, não passava apenas de um desejo de fazer as coisas corretamente, apenas isso. Não necessariamente por ser relacionado a Deus, mas por ser uma postura natural minha, por ser metódico. Tal sentimento, não me fazia bem e nem às pessoas à minha volta. 

Eu cheguei a achar muito justo quando Neemias, ao visitar Jerusalém pós-reconstruída, repudiou a honra que Tobias, um dos zombadores que trabalharam contra a reconstrução, estava recebendo, ocupando uma das importantes salas do Templo. Quando eu lia, pensava comigo: "esse tal de Tobias além de não ajudar, só atrapalhou, não acreditou na empreitada, mas agora que está tudo lindo, em pé, reformadinho, agora ele quer? Negativo! Tá certo, Neemias, taca-lhe pau, Neemias!"

Depois de um tempo, refletindo após ouvir uma ministração sobre a parábola do filho pródigo, Deus me mostrou o quanto me encaixava naquela história, não por ser o filho rebelde que saiu de casa, torrou todo o dinheiro e depois voltou arrependido, não. Me encaixava na história por ser o filho mais velho, que permaneceu em casa, obedecendo ao pai, mas nunca havia sido reconhecido como achava que merecia.

Depois dessa lição do Espírito Santo, percebi inúmeras situações em que deixei esse sentimento imperar. Inúmeras instituições das quais participei (dentro da família, nos grupos da igreja, no ambiente corporativo, nos grupos da faculdade, etc) que passaram por dificuldades, mas superaram, e no momento de ascensão outra pessoa recebia os méritos com exclusividade enquanto os outros, entre os quais me encaixa, recebiam nada menos que "muito obrigado" automático. 

Orei a Deus, pedindo perdão e agradecendo por Ele ter me feito perceber o quão destrutivo é esse sentimento. O quão carnal ele é, e o quanto ele me afastava de Deus, pois murmurava muito. E agora agradeço por Ele trabalhar em mim, me ajudando a vencer. 

Queridos, esse sentimento é real, e não podemos subestimar a sua capacidade destrutiva de dividir, provocar ira, inveja, murmurações e bloquear a chance de amar ao próximo como Deus deseja.

Se alegre com aquele que voltar, e se ele ocupar uma posição que você julgar mais importante, lembre-se que Deus nos ama da mesma forma, igualmente de maneira infinita. Não dê espaço para a inveja, nem para as contendas ou divisões. O tempo é de unir!! 

Deus os abençoe!!

FÁBIO AUGUSTO
Escrito por Fábio Cardoso 0 comentários
Continue lendo...

quarta-feira, 24 de junho de 2015

Bom dia pessoal, como vocês estão? Espero que bem =D
Vamos para a moral da historia de hoje:

Um viajante caminhava às margens de um grande lago.  Ao ver um canoeiro preparando-se para
zarpar, puxou conversa com ele e descobriu que seus destinos eram o mesmo: a outra margem do lago.
Pediu uma carona, propondo-se a ser o remador. Entrou na canoa, pegou os remos de madeira e reparou que neles estavam esculpidas duas palavras: ACREDITAR e AGIR.
Ele nunca tinha remado antes, e rapidamente descobriu que não é tão fácil quanto parece. A canoa ficava navegando em círculos, ora para a esquerda, ora para a direita.
O dono da canoa, um idoso muito simpático, procurava não ser grosseiro, mas não podia conter o sorriso.
Por fim, já cansado, o viajante pede ajuda:
– Por favor, senhor, como é que eu faço para esta canoa ir só para frente?
O canoeiro respondeu:
– A resposta está nos remos. O Acreditar e o Agir têm que ser impulsionados ao mesmo tempo e com a mesma força.

Acreditar e agir é assim que funciona, se só agimos ate chegamos a algum lugar, porem uma hora nossa força acaba, se só acreditamos nada muda, pois acreditar e não ter uma atitude é a mesma coisa que dizer eu não consigo, ou seja você não acredita. Pois quando acreditamos, nos vamos e fazemos, nos damos o passo.
Não se pode ir para frente apenas em pensamento, pois pensamentos não mudam nada, o que gera transformação são os passo que damos mesmo não enxergando um palmo em nossa frente.
Um cadeado não tem utilidade sem uma chave, essas duas palavras funcionam da mesma forma, elas caminham juntas. Acredite que as coisa podem mudar, mas sai da zona de conforto para que as coisas mudem, aja, mecha-se, pare de ficar parado.
As portas podem se abrir, os cadeados podem se abrir, mas para isso acontecer a chave precisa ser colocada na porta ou no cadeado e girada. Quando você coloca a chave você ACREDITA que ela pode abrir algo e quando você gira a chave, você esta AGINDO.
Caminhe nessa levada e descubra o mais de Deus para sua vida... ACREDITE E AJA!


Deus lhe abençoe sem limites


“Agora, pois, ó Israel, ouve os estatutos e os preceitos que eu vos ensino, para os observardes, a fim de que vivais, e entreis a possuais a terra que o Senhor Deus de vossos pais vos dá.”
Deuteronômio 4.1



Escrito por Jéssica Kasper 0 comentários
Continue lendo...
Tecnologia do Blogger.