quarta-feira, 28 de janeiro de 2015


A vida é como se fosse um sonho - e para alguns, um sonho ruim.
Um dia tudo acaba. Uma pessoa pode enfrentar problemas extremamente difíceis hoje e, amanhã, esses mesmos problemas podem deixar de existir ou de ter importância. O fato é que tudo passa, seja bom ou ruim. A única coisa que permanece é a própria pessoa, ou seja, o seu caráter, a sua reputação e a sua força.






A teoria perde completamente o sentido quando os problemas vêm a tona. Parece que nunca vão acabar, embora eu e você saibamos que um dia eles terão um fim.
Na verdade, o problema está na maneira como lidamos com ele. Muitas são as pessoas que se deixam dominar e acabam recorrendo a antidepressivos, permitindo que os seus problemas lhe causem ainda mais problemas.

Sabe, os problemas podem ser bençãos disfarçadas, embora, sejam sempre muito ruins, pois quase sempre nos fazem chorar, nos aborrecem e nos fazem passar por humilhações. Aqueles que sabem como reagir diante das dificuldades que enfrentam, têm a capacidade de transformá-los em bençãos.
Ao invés de reagir contra um problema, tente entender o seu porquê. E se não conseguir entender, confie mesmo assim. Os nossos olhos veem somente aquilo que está na nossa frente, mas Deus consegue enxergar bem mais longe, pois sua visão não é limitada como a nossa. Não questione, apenas creia que Deus tem uma solução.



Sempre existe algo que você pode aprender com as dificuldades, com os problemas, e é exatamente isso que vai lhe ajudar a evitar que a mesma situação torne a acontecer.
Entregue para Deus tudo aquilo que tem tirado a sua paz.

Lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós.1 Pedro 5:7


No amor de Cristo


Fernanda Ventura
Escrito por Fernanda Ventura 0 comentários
Continue lendo...

terça-feira, 27 de janeiro de 2015

¨ Não queira ser o centro das atenções. Queira apenas estar no centro da vontade de Deus.¨


 .
Olá queridos leitores, sejam bem vindos ao nosso Blog. Que cada um de vocês possam ser abençoados através desse post.

Hoje irei falar um pouquinho sobre um assunto que o Pai tem me chamado atenção essa semana ¨ Viver no centro da vontade d´ele.¨

Tarefa nada fácil nos dias em que vivemos hoje, pois o mundo nos oferece muitos banquetes fartos, e resisti-lo se torna quase impossível, e só consegue essa proeza aquele que se dispõe em abandonar suas próprias  vontades.

Mas, viver no centro da vontade do Pai , nem sempre é deixar de querer realizar um sonho, ou alcançar o que mais se almeja.

Viver debaixo da vontade de Deus, é você aprender a colocar tudo nas mãos d`Ele sem se preocupar com a ordem dos acontecimentos, pois quando depositamos nossa confiança Nele ,Ele se encarrega de tudo nos mínimos detalhes.

Que possamos nos preocupar mais em sermos cheios do Espírito Santo, e nos apaixonarmos por Ele a cada dia, não pelo que Ele faz, mas, pelo o que Ele é.

A  partir o momento em que a busca por Ele for maior que nossas preocupações diárias , ou seja, quando colocarmos Ele na frente de tudo o que sonhamos, automaticamente estaremos entrando no centro da sua vontade.

E pra finalizar, gostaria de deixar o seguinte versículo.

Sei que tudo o que Deus faz permanecerá para sempre; a isso nada se pode acrescentar, e disso nada se pode tirar. Deus assim faz para que os homens o temam.
 Eclesiastes 3:14


Que Deus abençoe a cada um de vocês sem Limites.


 Náiade Leilanne Cordeiro


Escrito por Nay Cordeiro 0 comentários
Continue lendo...

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015


"Amou a maldição, ela o apanhe;
não quis a benção, ela se afaste dele." (Salmos 109:17)

Não é necessário recebermos uma macumba ou praga para sermos amaldiçoados. O simples fato de recebermos algo de Deus, e não valorizarmos é abrir as portas para as maldições em nossas vidas. E também quando pegamos algo que Deus não quer que recebamos é uma maldição. O que quero dizer com isso? Nossas amizades, dons, talentos, família são presentes de Deus pra nós, logo, se não os amamos ou zelamos por eles estamos rejeitando ao próprio Deus, e sendo assim, estamos recebendo maldições. É a mesma coisa que cuspir no prato que comemos. Portanto, os dons, as bênçãos, as pessoas que Deus nos dá, são de nossa responsabilidade, administrar e cuidar. Se não o fizermos, iremos prestar contas a Ele. Pense nisso!
@pesaline

Uma semana cheia de bênçãos!
Escrito por Pedro Salinet Junior 0 comentários
Continue lendo...

Oi Pessoal! Mais um texto para nossa meditação!
Então vamos Refletir...
Começo o Texto de hoje te fazendo uma pergunta:
O que é ser radical para você?

Será que ser Radical é  apenas pular de para quedas? É escalar montanhas? É fazer loucuras? Ser radical é literalmente enfrentar desafios! E existiram jovens na bíblia que foram literalmente exemplos para nossas vidas.

Um deles foi Daniel, Daniel e seus amigos. Muitas pessoas conhecem a história de Daniel descrita na Bíblia Sagrada. Só que nem sempre nós paramos para refletir, no quanto esses jovens foram radicais?

Como assim? Radiciais? Sim eles foram Radicais!

A Bíblia conta que o rei Nabucodonosor pediu que seu servo, o chefe dos eunucos, lhe trouxesse alguns jovens da linhagem real e de príncipes de Israel.. E o rei especificou:

Jovens em quem não houvesse defeito algum, de boa aparência, e instruídos em toda a sabedoria, e doutos em ciência, e entendidos no conhecimento, e que tivessem habilidade para assistirem no palácio do rei, e que lhes ensinassem as letras e a língua dos caldeus. 
Daniel 1:4

Depois disso, o rei determinou que os jovens deveriam comer da porção diária do que ele comia, além de beberem do seu vinho. Seria assim por três anos e ao término deste tempo seriam apresentados ao rei   Entre os jovens estavam: Daniel, Hananias, Misael e Azarias.

Ou seja, esses jovens que eram tementes a Deus, form levados para um lugar onde certamente entrariam em contato com uma cultura diferente, e principalmente com princípios que não agradariam ao Senhor. Mesmo assim foram mostrando que a Fé que eles tinham, estava firmada na Rocha, no grande Eu Sou.

Trazendo essa realidade para os nossos dias atuais, imagina a seguinte situação:

Se a Presidente da República decreta-se uma lei em que não seria permitido andar com bíblias, nem irmos a Igreja, nem se ouvir música Cristã, não seria permitido falar de Cristo nas escolas, nas Universidade, nos trabalhos, na ruas...Teríamos que nos curvar aos deuses mundanos e abandonarmos o Cristianismo.

E aí? Como você reagiria? seria Radical?  assim como foi Daniel e seus amigos? ou se entregaria facilmente ao mundanismo e esqueceria que era Cristão? pare para pensar, sua Fé está fundamentada em quem? em que? 

Deixa Brilhar a Luz!
Um abraço fiquem com Deus
Herbert Amaral


Escrito por HERBERT AMARAL POVOAS 0 comentários
Continue lendo...

sábado, 24 de janeiro de 2015

Olá pessoa, tudo bem com vocês? Que nesse sábado Deus possa falar intimamente com você =)



Existe um termo que um Pastor, grande amigo meu, e também colunista do Jovem e o Mundo, o Pastor Eduardo Medeiros,  usava para definir algumas situações que aconteciam na igreja, e sempre me chamou muito a atenção,  se não me engano,  o termo é o OVO DE DRAGÃO. Mas o que seria um ovo de dragão? Antes de responder essa pergunta quero ler com vocês a seguinte passagem:


"Ninguém, sendo tentado, diga: De Deus sou tentado; porque Deus não pode ser tentado pelo mal, e a ninguém tenta. Mas cada um é tentado, quando atraído e engodado pela sua própria concupiscência. Depois, havendo a concupiscência concebido, dá à luz o pecado; e o pecado, sendo consumado, gera a morte. Não erreis, meus amados irmãos."
Tiago 1:13-16


O que eu acho muito interessante nessa passagem, é fato de Thiago comparar o pecado como um processo,  passando a imagem de que a quebra da comunhão e geração do pecado não acontece de uma hora para outra, mas é algo que vai acontecendo aos poucos, até gerar a morte. 

Seria semelhante a chocar ou dar a luz a um Dragão ruim, um mostro grande e feroz que por onde passa destoe e mata tudo em sua volta.  Ou seja, o ovo de dragão é na verdade uma situação, em que temos em nossas mãos o primeiro contato com a própria concupiscência, e aquele momento em que ainda não pecamos, mas o pecado se inicia em nosso coração. 

Ainda que pequeno, podemos escolher entre eliminar o pecado, ainda quando é inofensivo ou começar a chocar os ovos. E quando alimentamos o pecado, o ovo é chocado, e depois de chocado, nasce um Dragão bebe, que parece agradável, e acaba se torna um pecado de estimação, que a cada dia é alimentado e vai crescendo, até tornar uma forma que não se consegue controlar, e que para mata-lo é incrivelmente difícil, e quem acaba morrendo é o dono do Dragão. O ovo é o pecado ainda não concebido, uma ideia, uma tentação, mas cabe a cada um escolher entre matar o dragão ainda não concebido, no ovo, ou alimentar ainda mais e deixa-lo crescer.  

Diariamente o diabo nós oferece diversos ovos de dragão, como um namoro fora da vontade de Cristo, uma amante, o inicio de uma crise financeira, uma fofoca, pornografia, entre tantas outras formas que poderia citar aqui, mas cada um sabe qual tem sido o ovo ou Dragão que tem atormentado a sua vida. E o dia para acabar com esse Dragão, ainda no ovo ou grande, é hoje, mesmo que viva nele ou ainda que o erro somente esteja no plano das ideias, e como Thiago disse não erreis.


"Jesus, porém, respondendo, disse-lhes: Errais, não conhecendo as Escrituras, nem o poder de Deus."
Mateus 22:29


O maior motivo dos erros é o fato de muito terem em sua vida um pecados de estimação é fato de não conhecerem as Escrituras (Bíblia Sagrada) e tão pouco o Poder de Deus (Oração), para podemos como Filhos de Deus vencer a cada dia as dificuldades e as tentação e não errar, precisamos ter uma vida de comunhão com Deus, através de leitura da Palavra de Deus e Oração, pois quando apreendemos com Jesus e pedimos que se faça a vontade de Deus nessa terra, o Reino de Deus vem, e não há pecado que se mantenha, pois o Espirito Santo vem trazendo arrependimento e mudança de atitude.

Mate o Dragão no Ovo, não erreis, mas tenha uma vida de oração e leitura da Bíblia, para que você possa experimentar a verdadeira vida, através de Cristo Jesus.

Wellington Dias de Paula
God Bless U
Escrito por Wellingon 1 comentários
Continue lendo...

sexta-feira, 23 de janeiro de 2015



       Bom dia caros amigos da Coluna Papo 100 Censura do blog o Jovem e o Mundo! Hoje estamos encerrando nossa série sobre os sete pecados capitais e encerramos estas postagens com a Luxúria.
      
      A esta altura do campeonato você, leitor que é muito inteligente já conseguiu entender a razão destes pecados ou sentimentos estarem reunidos todos no mesmo grupo: eles são portais que podem nos transportar para vários outros pecados. São portas de entrada para outros pecados e por esta razão são tão perigosos. Ao longo dos últimos sete posts de nossa coluna você viu diversos casos de como o inimigo pode usar uma fraqueza para transformar em um abismo em nossas vidas se permitirmos e também antídotos contra estes problemas.
     Deixamos a luxúria por último pois este é um sentimento que está de maneira muito profunda inserido na cultura brasileira. Com nosso litoral continental e clima tropical (desde que você não more em Curitiba!!!!!) a sensualidade estampada nos comerciais de TV, nos programas televisivos e outdoors espalhados e em especial ao Carnaval brasileiro que mostra ao mundo inteiro que temos em nosso país a sensualidade que eles não encontram em seus países de origem.

     Ainda no contexto da cultura, ou quem sabe a falta dela, as músicas de maior sucesso nas paradas, são aquelas que falam de sensualidade e porque não dizer da luxúria que é celebrada em nossos dias como sinal de poder. O que está sendo inserido no subconsciente de nossas crianças e adolescentes? 
Certa vez me perguntaram o que eu achava sobre um cristão ouvir músicas seculares. Respondi que existem músicas seculares com letras muito profundas e melodias maravilhosas que valem a pena ser ouvidas e que em minha opinião, toda a música toca na alma daquele que a escuta gerando um sentimento decorrente deste contato emocional. Por isso prefiro canções que levem minha alma a pensar nas coisas do alto do que em outras mensagens que possam estar embutidas em melodias que grudam na sua mente. Gostaria de citar um exemplo deste tipo de canção, tirando a letra a cantora expondo seu corpo como carne nas telas de TV, você pode fazer uma análise mais fria do conteúdo. Nada contra quem gosta e curte a cantora em questão, a qual não será citada para preservarmos sua identidade, mas nesta letra em questão, existe uma clara alusão a existência de um Poder que apenas aquelas que fizerem determinadas coisas como "Descer e Rebolar" podem alcançar. A letra fala de que este comportamento causa inveja naquelas que não possuem tal habilidade e deveriam ser copiadas para serem inseridas em determinados grupos. Sem mais delongas, a letra como a gravadora disponibilizou:

Prepara, que agora é a hora
Do show das poderosas
Que descem e rebolam
Afrontam as fogosas
Só as que incomodam
Expulsam as invejosas
Que ficam de cara quando toca
Prepara
Se não tá mais à vontade, sai por onde entrei
Quando começo a dançar, eu te enlouqueço, eu sei
Meu exército é pesado, e a gente tem poder
Ameaça coisas do tipo: Você!Vai!
Solta o som, que é pra me ver dançando
Até você vai ficar babando
Para o baile pra me ver dançando
Chama atenção à toa
Perde a linha, fica louca

Após esta leitura bastante edificante, gostaria de ressaltar alguns pontos:

1)Como este exemplo, existem milhares e milhares de outras músicas tão ou muito mais explícitas  que indicam uma espécie de Cultura da Luxúria em nosso país em especial;

2)Realmente existe um poder nas pessoas que usam a sexualidade para conseguirem o que querem, porém é um poder demoníaco e uma Potestade que atuou no Antigo Testamento e ainda hoje atua. Jezabel foi a esposa do rei Acabe que o pressionou a prestar culto para os deuses dos sidônios:

Ele não apenas achou que não tinha importância cometer os pecados de Jeroboão, filho de Nebate, mas também se casou com Jezabel, filha de Etbaal, rei dos sidônios, e passou a prestar culto a Baal e adorá-lo. 1 Reis 16:31

    O culto sidônio possuía prostituição ritual que quer dizer que haviam sacerdotes e sacerdotisas que mantinham relações sexuais no templo com os fiéis como sacrifício aos deuses.

 Ela dominou sexualmente seu esposo e iniciou o genocídio dos profetas do Senhor durante este reinado.

    Enquanto Jezabel estava eliminando os profetas do Senhor, Obadias reuniu cem profetas e os escondeu em duas cavernas, cinquenta em cada uma, e lhes forneceu comida e água. 1 Reis 18:4

Mesmo após a sua morte, podemos verificar que este comportamento ainda existe como relatado no livro da Revelação, o Apocalipse:

   No entanto, contra você tenho isto: você tolera Jezabel, aquela mulher que se diz profetisa. Com os seus ensinos, ela induz os meus servos à imoralidade sexual e a comerem alimentos sacrificados aos ídolos. Apocalipse 2:20

Por esta razão, a sensualidade, a lascívia, a imoralidade, a luxúria, a prostituição, a fornicação, todos comportamentos muito bem aceitos em nossa sociedade, são tratados de maneira duríssima pela Palavra de Deus, tanto no Antigo, quanto no Novo Testamento:

Assim darei um basta à lascívia e à prostituição que você começou no Egito. Você deixará de olhar com desejo para essas coisas e não se lembrará mais do Egito. Ezequiel 23:27

Eles a tratarão com ódio e levarão embora tudo aquilo pelo que você trabalhou. Eles a deixarão despida e nua, e a vergonha de sua prostituição será exposta. Sua lascívia e sua promiscuidade Ezequiel 23:29

Tenho visto os seus atos repugnantes os seus adultérios, os seus relinchos, a sua prostituição desavergonhada sobre as colinas e nos campos. Ai de você, Jerusalém! Até quando você continuará impura? " Jeremias 13:27

Mesmo quando acaba a bebida, eles continuam em sua prostituição; seus governantes amam profundamente os caminhos vergonhosos. Oséias 4:18

Por toda parte se ouve que há imoralidade entre vocês, imoralidade que não ocorre nem entre os pagãos, a ponto de alguém de vocês possuir a mulher de seu pai. 1 Coríntios 5:1    

       Você pode me perguntar: ah Eduardo, com certeza as pessoas ouvem as músicas, dançam nas baladas, assistem aos filmes, a imoralidade das novelas e isso permanece apenas no entretenimento, é apenas para o pessoal extravasar o estresse! Se esta afirmação fosse verdadeira, não teríamos ainda taxas altíssimas de adolescentes grávidas em nosso país, onde crianças tem que cuidar de outras crianças com os pais, fugindo da responsabilidade de criar seu filho. Todos os anos nos locais onde o Carnaval é mais forte e famoso, no mês de novembro nascem os filhos do "amor de carnaval" que o relacionamento propício de alguns dias de liberação sexual causam nestas crianças que não tem culpa de nada, mas que poderão reproduzir este comportamento, perpetuando assim por gerações esta prática.

        Desta forma, como nação, devemos orar e repreender o espírito de luxúria que paira sobre nossa cultura, cuidar com aquilo que nossos filhos e crianças assistem e ouvem e navegam, e buscar a Mente de Cristo, para que a sensualidade esteja restrita ao seu relacionamento conjugal. Porque colocar na vitrine para todos seu bem mais precioso? Pela lei da oferta e da procura, quanto maior a oferta de alguma coisa, menos o seu preço, e quanto menor a oferta, maior é o seu preço. Se você caro amigo ou amiga não entende porque só aparecem tralhas na sua vida amorosa, pense um pouco em como anda a oferta e procura de sua vida amorosa... De tudo o que se deve guardar, guarde seu coração, pois é dele que procedem as fontes de vida!

Tenha o melhor final de semana de sua vida@!

Pastor Eduardo Medeiros
 
Escrito por Eduardo Medeiros 0 comentários
Continue lendo...

quinta-feira, 22 de janeiro de 2015


Como trabalho a tarde, sempre que estou voltando para casa já é noite, e obviamente vejo muitas cenas no trem. Cenas cômicas, cenas revoltantes, cenas esquisitas, outras que nos fazem refletir, mas uma das cenas que mais tem me chamado a atenção é ver um homem, uma pequena mochila infantil, com roupas suficientes para um final de semana, e uma criança, a quem provavelmente pertence a mochila. Posso estar enganado, mas acredito que a maioria dos casos, trata-se de uma guarda compartilhada. 

Fico a pensar a confusão na mente de uma criança que passa a semana com a mãe e o final de semana com o pai, sendo que eles aprendem que o mais comum é acordar pela manhã e encontrar os dois. Por favor, me entendam bem, não quero julgar o que é certo ou errado em um casamento, pois estou casado há apenas 3 anos, portanto, sou tão inexperiente nisso quanto qualquer outra pessoa e compreendo perfeitamente que há situações complicadas, casamentos complicados, entendo principalmente que há estratégias que podem funcionar bem para alguns casais e não tão bem para outros. Quem dá esse discernimento é somente o Espírito Santo. 

Mas enfim, o ponto que quero abordar principalmente é a preservação da neutralidade da criança. Não é justo que os pais transmitam ao filho, o seu ressentimento e sua decepção com relação ao ex - cônjuge, induzindo a criança, de maneira subliminar, a escolher entre amar mais à mãe do que ao pai ou vice versa. 

Acho que a criança que cresce sem o pai, ou sem a mãe, por motivo de divórcio, não deve crescer aprendendo a odiar àquele que "abandonou o lar". Por mais desumano que isso pareça (abandonar ao filho) a criança precisa descobrir por si mesma, e com a ajuda de Deus, se há ou não, dentro de si, algum ressentimento e aprender a liberar o perdão. Crescer, alimentando ressentimentos com relação ao ascendente que o abandonou (pai ou mãe), só faz mal para si mesmo. Um sentimento terrível que só aumenta e piora com o passar dos anos, definhando e amargando por dentro a si mesmo.

Posso estar errado outra vez, mas na maioria dos casos, essa criança que cresce ressentida, geralmente vai pender para um entre dois extremos:
- Ou vai ficar frustrado com o modelo fundamental de família, e na primeira crise mais forte, vai acabar pulando fora do casamento; 
- Ou vai se sentir na obrigação de quebrar esse ciclo, fazendo de tudo (com as próprias mãos) para que a família  fique unida, se desesperando e se frustrando sempre que esse risco for iminente.

Nos dois caminhos, é bem provável que a pessoa (que foi uma criança que cresceu alimentando ressentimento) não tenha pedido orientação de Deus.

Portanto, queridos, quero deixar o conselho para você que talvez tenha passado por isso em sua vida, assim como eu, a orar ao Senhor, pedindo que Ele vasculhe o seu coração para limpar todo resquício de ódio, mágoa, rancor, ressentimentos de qualquer natureza, com relação ao seu pai ou sua mãe, que o Espírito Santo trabalhe na sua vida, mudando sua forma de pensar e de reagir com relação aos seus pais, pois com certeza há amor da parte deles para você, e se por acaso não houver, que o Espírito Santo te use como instrumento para ensinar e demonstrar o amor de Cristo sobre a vida dos seus pais. Se reconcilie, galera, peça perdão e libere perdão, pois Jesus está perto. Esse é o meu desejo e minha oração para a vida de todos vocês! 

"Vocês são o povo de Deus. Ele os amou e os escolheu para serem dele. Portanto, vistam-se misericórdia, de bondade, de humildade, de delicadeza e de paciência. Não fiquem irritados uns com os outros e perdoem uns aos outros, caso alguém tenha alguma queixa contra outra pessoa. Assim como o Senhor perdoou vocês, perdoem uns aos outros." (Colossenses 3.12-13 NTLH)

Filhos, o dever cristão de vocês é obedecer sempre ao seu pai e à sua mãe porque isso agrada ao Senhor. (Colossenses 3.20)


Escrito por Fábio Cardoso 0 comentários
Continue lendo...

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Ola pessoal, tudo bem com vocês? Quanto tempo =D
Vamos para a primeira moral da historia de 2015...


Quando vi esse vídeo, eu me alegrei e muito, a historia de Davi provavelmente todo mundo conhece. Davi o menor da sua casa, derrotou Golias e tornou-se rei, pois Deus encontrou em Davi um coração puro e que confiava em Deus. Devemos sim ser como Davi, convictos de nossa fé e manter um coração simples e puro.
Contudo o que me chamou atenção, foi essa criança contando a história, com um jeito peculiar totalmente seu, levando uma mensagem tão seria a tantas pessoas, por isso a mensagem de hoje vai para os pais e para aquele que um dia pretendem ser pais, eduquem seus filhos no caminho do Senhor, para que quando eles estiverem grandes sejam pessoas de bem, temente a Deus, servos sinceros e humildes.
Mantenham um dialogo com seus filhos, orem por eles e com eles, contem historias da bíblia para eles, dedique um tempo para lerem a bíblia juntos, não seja um pai (mãe) em quem seu filho não possa confiar, mostre para ele que você está e sempre estará perto dele para ensina-lo e ajuda-lo, seja um exemplo, pois o que você faz um dia vai ser referencia para seu filho, se você é um pai que fala uma coisa e faz algo totalmente diferente, não espere que seu filho seja diferente. Não deixe que a vida ensine seu filho como as coisas são, seja você o referencial para seu filho.


Tenha um bom dia.

Deus o abençoe sem limites!




“Ensina a criança no Caminho em que deve andar, e mesmo quando for idoso não se desviará dele.” Provérbios 22:6






Caso não consiga ver o vídeo click aqui https://www.youtube.com/watch?v=WYn3NqYonk4
Escrito por Jéssica Kasper 0 comentários
Continue lendo...

terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Oi pessoal, Um ótimoo dia pra vocês.
Meditem!


Quero começar o Texto de hoje trazendo uma afirmação, e você responde pra você mesmo. 

Nem Tudo é como agente quer! Correto? Sim, pois muitas vezes nós queremos tudo, e queremos na nossa hora, instantaneamente, como se Deus fosse nosso mordomo, que nos dá tudo que queremos, na hora que queremos.

Nós é que somos os servos e Ele é o Senhor. Só que muitas vezes nós agimos como filhos mimados, que queremos tudo na nossa hora.  Creio que todo mundo ou quase todos já viram algum filho mimado em algum lugar, seja na família, na vizinhança, na rua, nas lojas etc.. Mais fala sério, né pessoal, é tolice nossa achar que Deus tem que fazer tudo do nosso jeito 

Temos que aprender que não possuímos nada alem da graça. Sabe o que isso significa? Significa que não temos nenhum direito diante de Deus, nenhum mesmo! O que temos é o seu favor, e isto nos faz sermos seres totalmente dependentes. 

Aliás Ele sabe melhor do que nós mesmos, aquilo que precisamos. Infelizmente muitas vezes e não são poucas, nós pedimos a Deus coisas supérfluas, sem sentido, sem uma real necessidade, e ficamos esperando Deus mandar. Mas Deus não vai nos dar aquilo que não merecemos ou que não precisamos.

Se estivermos vivos é por que ele quer! Se padecermos por uma doença horrível, ele é quem quis assim! Se formos bem sucedidos é por que ele tem misericórdia, não porque somos bons o bastante! 

Se não fosse a misericórdia de Deus, estaríamos fritos. Não pense que nós seres humanos somos merecedores, Deus pela sua infinita misericórdia é quem nos sustenta, unicamente por amor e nada mais.

Deixo para nossa meditação 
(Efésios 2:8)

"Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus." 

Fiquem com Deus!
Herbert Amaral Póvoas



Escrito por HERBERT AMARAL POVOAS 0 comentários
Continue lendo...
Tecnologia do Blogger.