sábado, 28 de fevereiro de 2015

Olá pessoal, segue uma mensagem de Deus para seu dia! =)


Eu repreendo e castigo a todos quantos amo; sê pois zeloso, e arrepende-te. Eis que estou à porta, e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo.
Apocalipse 3:19-20


Certa vez, em um momento da minha vida que estava meio desanimado, durante o culto senti de uma maneira muito especial o amor de Deus sobre a minha vida, e nesse momento em que Deus se manifestou com sua maravilhosa presença, lhe perguntei: Por que mesmo estando totalmente desanimado e distante o Senhor continua me amando? A resposta foi fatal, com uma lembrança, ele me levou a mensagem de um pregador, que afirmava que Deus olha para nós, não somente na nossa situação atual, pois Ele conhece o passado, o presente e o futuro, e sabe em quem iremos nós tornar, Ele conhece nosso potencial em cumprir o propósito de nossas vidas como filhos de Deus. Ele te ama, e sabe quem você irá se transformar.

Porém, tudo isso é uma escolha, em todo tempo Deus abre e escolhas para nossas vidas, naquele momento em que estava passando por desanimo poderia escolher entre desistir de tudo de vez, apesar de ter sentido o seu grande amor, ou poderia escolher entre olhar para o meu coração e ver o que estava me afastando de Jesus e me arrepender e deixa-lo entrar em minha vida mais uma vez. Claro, escolhi a Cristo.


Não atentando nós nas coisas que se vêem, mas nas que se não vêem; porque as que se vêem são temporais, e as que se não vêem são eternas. 
2 Coríntios 4:18


Tudo na vida é uma escolha, umas das coisas que gosto muito em alguns jogos são os múltiplos finais, existem diversos jogos que conforme as suas escolhas durante a campanha do jogo irá resultar em um final diferente para cada escolha, certa ou errada. Isso me faz refletir sobre as nossas escolhas diária, quais tem sido a nossas escolhas? Muitas vezes pensamos que as pequenas escolhas não refletem no nosso final, porém em 2 Coríntios 4:18 vemos uma orientação clara para priorizarmos as coisas eternas, ao invés das terrenas, como escolher entre dormir até 12 horas no domingo ao invés de ir a um jejum. 

E dizia a todos: Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo, e tome cada dia a sua cruz, e siga-me.
Lucas 9:23

Escolher a Cristo é uma escolha diária, dia após dia tomar a sua Cruz e segui-lo. Você pode dormir, não há nada de errado nisso, e até pode faltar a um jejum ou culto, porém vai que nesse momento de oração, Deus pode te revelar uma forma de você evangelizar aquele seu amigo que não conhece a Cristo, e vai que nesse Jejum Deus mostra uma revelação de algo que poderá dividir a sua vida entre antes e depois. Esse foi um exemplo simples, mas a mensagem que quero passar é que tudo é uma escolha, aceitar um convite de Jesus a porta, se arrepender e deixar Jesus entrar ou não.

Vocês, porém, são geração eleita, sacerdócio real, nação santa, povo exclusivo de Deus, para anunciar as grandezas daquele que os chamou das trevas para a sua maravilhosa luz. 

1 Pedro 2:9

A escolha é sua, e o final vai depender de você! Mas lembre-se, Jesus te ama, e sabe o potencial que você tem para ser uma geração eleita, para anunciar as grandezas daquele que os chamou das trevas para a sua maravilhosa luz. A escolha é sua!



Wellington Dias de Paula
God Bless U
Escrito por Wellingon 0 comentários
Continue lendo...

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Entrando ele no barco, seus discípulos o seguiram. De repente, uma violenta tempestade abateu-se sobre o mar, de forma que as ondas inundavam o barco. Jesus, porém, dormia. Os discípulos foram acordá-lo, clamando: "Senhor, salva-nos! Vamos morrer!" Ele perguntou: "Por que vocês estão com tanto medo, homens de pequena fé?" Então ele se levantou e repreendeu os ventos e o mar, e fez-se completa bonança. Os homens ficaram perplexos e perguntaram: "Quem é este que até os ventos e o mar lhe obedecem?"  Mateus 8: 23-27


Olá caro leitor!!!

Talvez você que esta iniciando a leitura deste texto, esteja passando por um momento difícil, talvez um término de relacionamento, uma situação complicada em sua área profissional, talvez uma amizade que tenha se rompido, entre outras situações, todos nós passamos por fases em nossas vidas e diante de tais dificuldades é muito importante definir uma postura correta para enfrentar as tormentas, às vezes uma decisão impensada, uma atitude errada pode nos levar a um agravamento de nossos problemas.

No texto da passagem de Mateus 8: 23 – 27 a um relato de que Jesus juntamente com seus discípulos estavam em um barco quando houve uma grande tempestade e os discípulos temerosos pela violência com que vinha a tempestade clamaram pela ajuda de Jesus Cristo que os repreendeu e imediatamente pediu para que as águas se acalmassem. Na vida é necessário passar por períodos turbulentos, faz parte do processo. O simples fato de aceitarmos a Jesus, não é garantia de que nossos problemas serão resolvidos, pelo contrário a caminhada será árdua e estamos sujeitos a passar por diversos ataques do inimigo. Os discípulos no momento da tempestade imediatamente chamaram por Jesus Cristo, e foram repreendidos. Naquele momento a correção foi necessária para ensinar que da mesma forma que Jesus agiu diante da tempestade a mesma postura que ele teve diante daqueles momentos eles também teriam que ter. A falta de fé e a insegurança os levaram ao desespero, em momentos difíceis temos que ter em nossas mentes o seguinte pensamento: De que maneira Jesus agiria em determinada situação? Jesus em momento algum negou ajuda aos seus discípulos ele prontamente acordou e determinou que o mar e a tempestade se acalmassem, Jesus não repreendeu seus discípulos pelo fato de terem ido pedir ajuda, mas ele conhece o que se passa em nossos corações e a repreensão foi por falta de fé.

A fé é o que nos move a enfrentar todas as adversidades da vida, pois quem tem fé possui esperança de que as coisas irão melhorar colocar nossos problemas diante da presença de Deus é a melhor maneira de resolvê-los, pois quando entregamos nossos caminhos e nossos planos diante de sua presença ele nos norteia como uma bússola colocando um rumo e um sentido as nossas vidas.  
Recapitulando posso afirmar que os passos para se enfrentar uma tempestade é saber lidar de maneira sabia com certas situações: primeiramente entregar nossos problemas nas mão de Deus, com fé, pois sem fé é impossível agradar a Deus, não só colocar nas mão de Deus mas também ter atitude e o pensamento de agir como Jesus agiria e pensar sempre que em cada situação que enfrentaremos em nossas vidas iremos tirar valiosas lições de cada uma delas.

Não desanime caro leitor, você é um vaso nas mãos de Deus e todos os dias esta sendo moldado, e esse processo muitas vezes é doloroso mas o resultado final certamente é muito recompensador, Ele sabe o que é melhor para nós, jamais nos dará um fardo que não possamos carregar.

Desejo a todos vocês uma excelente semana que Deus abençoe abraços.
Aline de Almeida Santos


Escrito por Aline de Almeida Santos 0 comentários
Continue lendo...

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Bom dia... Boa tarde... Boa noite, queridões!! Como estão? 
Um amigo me enviou um texto, cujo autor é desconhecido, e que vale uma boa reflexão. Então quero compartilhar com vocês, pois achei muito interessante.
Ah, antes de lermos o texto, quero lembrar que se você, leitor, está precisando conversar, precisando de oração, orientação, se você tem pedidos de oração, e etc... envie-nos um e-mail para ojovemeomundo@bol.com.br, ou, para facilitar a sua vida, aqui mesmo no blog, na página inicial, canto direito, temos um formulário para que você possa falar conosco. Basta colocar seu nome, e-mail, o assunto e na mensagem escreva o que necessita. Estamos aqui para servi-lo.
Bora ler o texto?

                                                                 A ESPOSA SURDA
- Qual o problema de sua esposa?
- Surdez. Não ouve quase nada.
- Então o senhor vai fazer o seguinte: antes de trazê-la, faça um teste para facilitar o diagnóstico. Sem ela olhar, o senhor, a certa distância, fala em tom normal, até que perceba a que distância ela consegue ouvi-lo. E quando vier - diz o médico - dirá a que distância o senhor estava quando ela o ouviu. Está certo?
- Certo, combinado então.
À noite, quando a mulher preparava o jantar, o marido decidiu fazer o teste.
Mediu a distância que estava em relação à mulher. E pensou: "Estou a 15 metros de distância. Vai ser agora".
- Maria, o que temos para jantar? - não ouviu nada. Então aproximou-se a 10 metros.
- Maria, o que temos para jantar? - nada ainda. Então, aproximou-se mais 5 metros.
- Maria, o que temos para jantar? - Silêncio ainda.
Por fim, encosta-se às costas da mulher e volta a perguntar:
- Maria! O que temos para jantar?
- Frango, meu bem... É a quarta vez que te respondo!
Autor desconhecido 

Vejam! O braço do Senhor não está tão curto que não possa salvar, e o seu ouvido surdo que não possa ouvir.Mas as suas maldades separaram vocês do seu Deus; os seus pecados esconderam de vocês o rosto dele, e por isso ele não os ouvirá.
Isaías 59:1-2

Podemos então chamar a DISTÂNCIA de PECADO. Quanto mais você viver em uma vida de pecado contínuo, menos ouvirá a voz do seu Pai. Diminua essa distância, ou melhor, acabe com ela! Deus nos criou para se relacionar conosco, e relacionamento produz intimidade.
Intimidade e distância não são duas coisas que casam bem. Reflita.

Deus os abençoe sem limites.

Fernanda Ventura
https://www.facebook.com/venturafer

Escrito por Fernanda Ventura 0 comentários
Continue lendo...

terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

                                                
 Bom dia pessoal, sejam bem vindos!


 Pressa? Pra quê?

Sendo que na Palavra diz que há tempo certo para todas as coisas.

¨ Tudo tem seu tempo determinado, e há tempo para todo propósito debaixo do céu. ¨
 Eclesiastes 3: 1

Esperar é tarefa difícil de se seguir, não é mesmo? Mas, como diz o dito popular :
¨ A pressa é inimiga da perfeição. ¨. De fato, pois sem planejamento não há sucesso.

Por esse motivo tudo que pensamos em fazer, em todos os sentidos tem que ter planejamento, desde uma simples compra até os preparativos de um casamento, por exemplo.

 Mas antes de qualquer planejamento , o  primeiro plano é buscar a vontade de Deus, ou seja, deixar com que Ele  tome a direção, assim, temos o certeza de que não correremos riscos de estar no caminho errado e tudo dará certo.

Toda vez que se sentir inquieto ao fazer algo, busque a Deus, pergunte pra Ele qual caminho seguir, espere e confie.

¨ Espera no Senhor,anima-te , e ele fortalecerá seu coração; espera pois no Senhor. ¨
Salmos 27:14

Esperar e confiar em Deus é sempre o melhor.




Deus os abençoe!

Náiade Leilanne
Escrito por Nay Cordeiro 0 comentários
Continue lendo...

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Aconteceu que no fim de uns tempos trouxe Caim do fruto da terra uma oferta ao SENHOR. Abel, por sua vez, trouxe das primícias do seu rebanho e da gordura deste. Agradou-se o SENHOR de Abel e de sua oferta, ao passo que de Caim e de sua oferta não se agradou.” (Gn 4.3-5) 

Em primeiro lugar é preciso observar que Deus não pode ser comprado por uma oferta. Não podemos enganar Deus com bajulações. A visão de Deus se uma oferta é correta ou não, está mais ligada ao coração e motivação daquele que ofertou do que com a oferta em si. Observe que Deus se agradou “de Abel” e “de sua oferta”. Primeiro o Senhor olhou para o coração e a motivação de Abel, e depois observou que sua oferta era adequada. Da mesma forma Deus não se agradou “de Caim” e “de sua oferta”. Algo no coração e motivação de Caim não agradou a Deus. Mas que ‘algo’ era esse?
Observe que a atitude de Caim após a sua rejeição e de sua oferta mostrou o que de verdade ele tinha em seu coração. Ele não amava a Deus. Ele se irou, permitiu que a ira mudasse até o seu rosto, matou seu irmão cruelmente e foi mal criado com Deus (vs 6-10). Isso deixa claro que Deus o rejeitou porque ele era maligno.
Voltando a questão da oferta, veja que Caim trouxe uma oferta “do fruto da terra”. Algo que não lhe custou nada. Quem sabe algo que ele pegou em qualquer lugar e ofereceu a Deus. Abel, por sua vez, deu algo das “primícias do seu rebanho e da gordura deste”. Primícias é a parte mais preciosa de algo, a primeira parte. Abel ofereceu a Deus o melhor que tinha, enquanto Caim não se preocupou muito com o que ofereceu. Isso ocorreu por causa do que já existia dentro de seus corações. Caim tinha um coração maligno. Abel tinha um coração de adorador.

Semana de vitorias
Escrito por Pedro Salinet Junior 0 comentários
Continue lendo...

domingo, 22 de fevereiro de 2015


Oii Pessoal!!! Meditem no Texto de hoje Deus pode falar com você.
Primeiramente leiam comigo esse versículo...

“Sabe, porém, isto: que nos últimos dias sobrevirão tempos difíceis. Porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos, sem afeto natural, irreconciliáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, sem amor para com os bons, traidores, obstinados, orgulhosos, mais amigos dos prazeres do que amigos de Deus, tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela. Destes afasta-te” (II Timóteo 3.1-5).

Você está tendo um daqueles dias difíceis? Mais que horríveis? Você simplesmente quer parar o mundo e dar o fora? Nada faz sentido? Pra você a vida não  faz mais sentido? Você está vivendo os maiores problemas do mundo? Você está vivendo uma vida conturbada?

Momentos difíceis todo mundo passa... Nós Cristãos também passamos por eles...

Mas a questão é  que em momentos assim não podemos esquecer que Deus o Cristos, o Grande Eu Sou, aquele que tudo pode, nos prometeu dar forças nas horas difíceis. Basta pedir a Ele de todo coração, mas tem um detalhe..., precisamos estar em comunhão com Ele, e com certeza ela vai prover o melhor...

Pois quando estamos em comunhão com Ele, basta clamarmos, que ele vem ao nosso encontro..., ele sabe o motivo de nossas aflições ou de estarmos vivendo dias difíceis, ele sabe melhor do que nós mesmos... basta cada um de nós, você e eu, confiarmos nos braços fortes dEle. 

Um abraço fiquem com Deus
Herbert Amaral 
Escrito por HERBERT AMARAL POVOAS 1 comentários
Continue lendo...

sábado, 21 de fevereiro de 2015


Olá pessoal! Esse é o último de 3 posts que fiz falando um pouco sobre crescimento, semana passada falamos sobre a Estatura e o Corpo, hoje falaremos sobre Graça para com Deus e os homens =) Espero que gostem e um sábado abençoado para todos!



E crescia Jesus em sabedoria, e em estatura, e em graça para com Deus e os homens.
Lucas 2:52

No primeiro momento, quando falamos sobre sabedoria, relacionamos esse fator com a alma humana, o seu coração, no segundo post, quando falamos sobre Estatura, se fez a ligação com o corpo, templo do Espirito Santo e por fim, hoje falaremos sobre o último fator que completa o ser humano por completo, o espirito. 

E JESUS CRESCIA EM GRAÇA PARA COM DEUS E OS HOMENS: nosso ser por completo é formado por corpo, alma e espirito, e como homens espirituais, que andam na presença de Deus, precisamos de revelação do conhecimento, que é transmitido pelo Espírito Santo ao nosso espírito. Pois o Espírito Santo que habita em nós fala conosco e trás a revelação da palavra de Deus e do propósito de Deus. Assim se nota a importância de sempre orarmos antes de fazer de fazer um estudo Bíblico ou de lermos a palavra de Deus, pois somente com a oração é que nos mantemos ligados a videira, que é Jesus, e podemos ter o entendimento necessário para compreender as coisas do reino de Deus e para crescermos espiritualmente.

E, regressando eles, terminados aqueles dias, ficou o menino Jesus em Jerusalém, e não o soube José, nem sua mãe. Pensando, porém, eles que viria de companhia pelo caminho, andaram caminho de um dia, e procuravam-no entre os parentes e conhecidos; E, como o não encontrassem, voltaram a Jerusalém em busca dele. E aconteceu que, passados três dias, o acharam no templo, assentado no meio dos doutores, ouvindo-os, e interrogando-os. E todos os que o ouviam admiravam a sua inteligência e respostas. 
Lucas 2:43-47

Por mais novo que fosse Jesus nessa passagem de Lucas, ele sabia do importância de conhecer a revelação do reino de Deus e das escrituras, sendo somente possível isso pois Jesus era unido com o Pai e também é só um com o Espirito Santo. E através dessa comunhão, mesmo Cristo estando na condição humana, tinha a revelação da palavra. E quanto mais Ele falava, mais Deus era engrandecido em sua vida, pois ele crescia em graça diante de Deus e por consequência, diante dos homens.

O segredo para um verdadeiro crescimento espiritual é a comunhão com Deus, através da oração, somente assim poderemos ter a revelação da perfeita, boa e agradável vontade de Deus para nossas vidas, e crescer diante de Deus, e por consequência, para que Deus seja glorificado, também crescer diante dos homens. 

Seguindo o exemplo de Jesus, temos que amadurecer em todos os aspectos do nosso ser, na nossa alma, lendo a palavra de Deus para ter a Sabedoria, cuidando de nosso corpo, pois é o templo do Espirito Santo e em tendo comunhão do nosso espirito com o Espirito Santo de Deus, através de nossas orações. Quando começamos a crescer e a entender os propósitos de Deus para as nossas vidas, seremos os filhos ainda mais amados e apaixonados por Deus, em quem Ele tem alegria. Como está seu crescimento? Você tem sido integro, ou inteiro na entrega a Deus, no seu corpo, alma e espirito? Deus poderia falar que ter alegria no seu estilo de vida hoje? Fica essas reflexões para o seu dia, e lembre-se Leitura da palavra e Oração é a chave para o crescimento em sabedoria, e em estatura, e em graça para com Deus e os homens. =)

E eis que uma voz dos céus dizia: Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo. Mateus 3:17

Wellington Dias de Paula
GOD BLESS U

Escrito por Wellingon 0 comentários
Continue lendo...

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015


       Bom dia para você que segue o horário de Brasília ou boa noite para você que acompanha o nosso blog aí do Japão! Que a paz de Deus que excede todo o entendimento esteja sobre sua vida nesta sexta-feira! Gostaria neste dia de conversar com você a respeito de um ato que fazemos muito, mas que não entendemos se temos ou não o direito de fazer que é o ato de JULGAR os outros por suas atitudes.
         Escolhi este tema pois acabamos de passar por um feirado onde as pessoas escolhem mudar suas rotinas e abrir mão dos limites que normalmente teriam e mudar de papel na sociedade (este é o espírito do Carnaval por essência.) Ouvi depoimentos na TV de jovens curtindo ficando com dezenas de pessoas em uma noite, vi acidentes de carro filmados onde jovens que estavam na folia foram lançados pela imprudência de outros foliões bêbados, ou apenas com pressa de chegar ao bloco ou ao baile de carnaval, assisti estarrecido à mulher e ao casal de gêmeos de dois meses mortos, até onde sabemos, a mando do esposo, vi filas intermináveis e comentários das mulheres que ficaram decepcionadas com a pouca "sacanagem" que viram nos Cinquenta Tons de Cinza e por fim, assisti ao vídeo de irmãos coptas egípcios que foram decapitados pelo grupo Estado Islâmico. Tudo isso me levou a refletir a respeito deste assunto: até que ponto podemos julgar estes comportamentos? Devemos permanecer calados ou podemos demonstrar nossa reprovação aos comportamentos contrários ao que pensamos?

Como vocês querem que os outros lhes façam, façam também vocês a eles.Lucas 6:31

           Esta é a regra de ouro dos relacionamentos. Cristo está falando a respeito de como devemos proceder no trato com outras pessoas. Note que não devemos tratar assim apenas as pessoas que pensam como nós, mas todas as pessoas, em especial aquelas que pensam diferente. Nossa vida seria diferente se esta fosse nossa maior preocupação quando nos relacionássemos com estranhos. Antes de brigar com o caixa do supermercado porque a fila está demorando, entenderíamos que assim como nós até alguns minutos estávamos trabalhando, ele também está trabalhando e com isso cumprindo ordens de alguém por isso tudo o que ele ou ela menos precisam é de alguém perturbando seu trabalho com reclamações inúteis que ele não tem como resolver. Ou não teríamos mais discussões no trânsito onde muitos morrem por coisas tolas como fechadas ou por outras coisas pequenas por exemplo. Trataríamos as pessoas de maneira muito melhor se tivéssemos isso em mente e deveríamos ter. Como você deseja ser tratado? Com respeito, carinho, amizade, preocupação? Ou com grosseria, palavras ríspidas, gritos? Uma máxima totalmente equivocada que vejo muitas pessoas postando em seus perfis nas redes sociais é o seguinte (mais ou menos):

"Mamãe passou pimenta, só fica perto quem aguenta"

           Percebe como nossa sociedade inverteu os parâmetros? Tudo o que importa é que os outros me tratem bem, enquanto eu posso tratar os outros mal. Se alguém se afastar de mim quem está perdendo é o outro. A lógica que vejo nas entrelinhas de frases como essa parece ser: o mundo gira ao redor de nossos umbigos e o mundo tem o privilégio de ter a nós como habitantes deste planeta. 

          Nosso egocentrismo rege nossos relacionamentos, só permanecemos enquanto as coisas forem favoráveis a nós, quando temos que oferecer alguma coisa, já mudamos de posicionamento. Como nossa sociedade nos ensinou a pensarmos primeiro em nós mesmos, assim é muito fácil julgar os outros pois como estamos cheios de nós mesmos, não existe espaço para empatia ou compaixão. Cristo nos ensinou como isto acontece através de uma parábola excelente que apenas Ele, poderia contar:

Como você pode dizer ao seu irmão: ‘Irmão, deixe-me tirar o cisco do seu olho’, se você mesmo não consegue ver a viga que está em seu próprio olho? Hipócrita, tire primeiro a viga do seu olho, e então você verá claramente para tirar o cisco do olho do seu irmão". Lucas 6:42

        Porque medimos o comportamento do outro a partir do nosso comportamento? O único parâmetro para o comportamento humano deveria ser a Palavra de Deus e segundo ela:

 todos pecaram e estão destituídos da glória de Deus, Romanos 3:23

            Isso inclui a mim e a você, se somos alguma coisa é devido à Graça e a Misericórdia divina não por nossos méritos próprios. Assim sendo, precisamos da glória de Deus e de intimidade com Ele para que possamos fazer as escolhas certas em nosso dia a dia. Quando perdemos isso, passamos a fazer muita besteira. Como não existe uma escala de pecados maiores ou menores (Leia nossa série sobre os sete pecados capitais!!!!) então não deveríamos condenar os outros por aquilo que eles fazem. Você pode me dizer, ah Eduardo é fácil falar quando você está apenas assistindo, mas e se você fosse o pai ou a mãe de um dos cristãos decapitados no Egito?
           Com certeza é mais fácil falar sobre um assunto quando você não está relacionado diretamente a ele. Mas deveríamos. Nos chamamos de irmãos, então o nosso vínculo com qualquer outro cristão deveria ser o vínculo de um irmão, não importa se ele mora aqui ou no Egito deveríamos sentir muito a morte de irmãos de Reino. Sentiremos raiva, tristeza, sensação de incapacidade, mas isso, qualquer um sentiria. O tempo é o que separa qualquer um dos verdadeiros cristãos. Ninguém disse que seria fácil a jornada, e ainda mais quando precisamos cumprir aquilo que o Senhor nos pede:

"Vocês ouviram o que foi dito: ‘Ame o seu próximo e odeie o seu inimigo’. Mas eu lhes digo: Amem os seus inimigos e orem por aqueles que os perseguem, para que vocês venham a ser filhos de seu Pai que está nos céus. Porque ele faz raiar o seu sol sobre maus e bons e derrama chuva sobre justos e injustos.Se vocês amarem aqueles que os amam, que recompensa receberão? Até os publicanos fazem isso!E se vocês saudarem apenas os seus irmãos, o que estarão fazendo de mais? Até os pagãos fazem isso!Portanto, sejam perfeitos como perfeito é o Pai celestial de vocês". Mateus 5:43-48


          O que nos diferencia de pessoas comuns é a capacidade de realizar atos impensáveis para a sociedade em que vivemos. Orar por um inimigo e por alguém que não gosta da gente? Na terra parece irracional, mas vermos esta mesma pessoa diante do Senhor aqui na terra e na eternidade, onde todo o sofrimento já terá passado, será muito gratificante. Não é fácil, mas se olharmos para o Senhor que nos amou antes de sermos Seus Filhos, talvez, e somente talvez nossa habilidade de amar os inimigos se torne um pouco mais fácil...

         Deixe todo o julgamento de lado, pois ele pertence a Deus, coloque-se em seu lugar como pecador que também precisa de misericórdia, e tenha empatia pelos outros, pois ao se colocar no lugar do outro, você começa a entendê-lo melhor. Ore pelos seus inimigos para que a vontade do Senhor de que ninguém se perca se cumpra e viva os melhores dias de sua existência na terra, experimentando a essência do cristianismo que é relacionamento. Relacionamento com Deus e com Seus Filhos na Terra.

Grande abraço a todos,

Pastor Eduardo Medeiros



Escrito por Eduardo Medeiros 0 comentários
Continue lendo...

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015


Oi, galera! Paz do Senhor a todos vocês! Como não sei em que período do dia você está lendo isso, receba o meu bom dia, ou boa tarde, ou boa noite

Sinceramente eu acho que as pessoas, principalmente jovens, confundem "carinho" com "acariciar". Enquanto acariciar é um verbo, que indica apenas uma ação, a palavra carinho é um substantivo, que por si só determina uma coisa. Como "carinho" significa o sentimento de querer bem a quem se gosta, pode envolver contato físico, palavras ou simplesmente um olhar.

Enquanto julgamos como carinho apenas os abraços, os beijos e carícias, o mesmo carinho pode nos surpreender em forma de repreensão. (Provérbios 3.11-12)

Atualmente, pais que repreendem seus filhos com castigo, devido à alguma atitude desrespeitosa, são criticados pelos filhos, por autoridades psicológicas e até mesmo por outros pais. Claramente há uma inversão de valores em nossa sociedade.

Infelizmente, e não muito diferente disso, acontece conosco em nosso relacionamento com Deus. Há sempre um momento em que Deus nos repreende e nos corrige, por ser Pai e nós não aceitamos e nos decepcionamos.

Precisamos sempre pedir perdão à Deus quando agirmos assim, como filhos mimados, como rebeldes, como insensatos e mais do que isso, pedir ao Senhor a sensibilidade necessária para entendermos os planos dele para nós.

Lembrem-se, repreender também é amar, provavelmente demonstra mais amor do que um incentivo.

Escrito por Fábio Cardoso 0 comentários
Continue lendo...
Tecnologia do Blogger.